Dica Ruim #4

“COMA MENOS SAL, MENOS DE 6g POR DIA”

Começo com duas frases:

  1. Não tenha medo do sal! Consumir o que pedem as diretrizes fará sua saúde PIORAR, acredite;
  2. Não culpe o SAL pelo que o AÇÚCAR fez!

Duvida? Então veja abaixo como era o consumo de sal nos EUA ao longo dos tempos (*lembre-se da recomendação atual: 6g/dia). Repare!

1500: 40g/dia
1600: primeiro caso de hipertensão!
1800: ~20g/dia

Como comiam 7 VEZES mais da meta atual sem hipertensão?

Vejamos mais dados, dessa vez da incidência da hipertensão na história americana:

1900: 5-10%
1939 (Chicago): 11-13%
1975: 25%
2004: 31%
2014: 33%

Porém, o consumo de sal caiu até por volta de 1800 e não se alterou muito nos últimos 50 anos. Basicamente médicos e nutricionistas estão nos dizendo que a incidência da doença vem subindo AINDA QUE venhamos comendo menos sal do que comíamos quando NÃO sofríamos da doença.

Lembrando que a diretriz de consumo de sal para evitar hipertensão é baseada em um estudo de TRINTA dias.

Não é à toa a foto com uma vaca lambendo sal. Qualquer pecuarista unha de terra sem diploma é mais competente que o corpo docente de qualquer faculdade de Nutrição.

Eles são eficientes naquilo que propõe (engordar um rebanho)! O sal é tão essencial à vida que é mais fácil matar alguém SEM sal do que por excesso. Animais como elefantes, cachorros, carneiros e mesmo borboletas fazem de tudo para conseguir esse elemento.

Tribos africanas trocavam mel por sal, tão essencial ele é. Isso porque nosso corpo lida MUITO bem com o excesso dele, mas muito mal com a falta. Por isso que é mais fácil matar alguém pela falta. Por isso salário deriva da palavra sal.

Por fim, os pecuaristas colocam sal porque o gado que se alimenta várias vezes ao dia de grãos para engordar (enxerga semelhança com a dieta tradicional??) precisa de mais sal que o gado solto.

O consumo de carboidrato AUMENTA a NECESSIDADE por sal. Então a diretriz primeiro pede pra você comer como um rebanho de engorda, você obviamente engoda e adoece, como todo pecuarista sabe.

E aí o especialista diz que a culpa é do sal.
Dá pra entender?

Esqueça a dica britânica! Não tenha medo do sal! Não o culpe pelo que o açúcar fez!

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s