Açúcar? Farinha? É de comer até morrer! Literalmente!

Ou AINDA: não são as calorias, estúpido!

A imagem abaixo viralizou no Twitter. Nela há um gambá que invadiu uma padaria e comeu tantos doces e farináceos que ficou assim, como se estivesse embriagado, sem reação, coisa típica de quem está mais do que nauseado, mas sob efeito de DROGAS.

Qualquer um que já correu no Parque do Ibirapuera bem de noite já descobriu que gambá é um marsupial que começa a caçar/coletar alimentos de noite. Porém, sua alimentação na natureza consiste basicamente de ovos, frutos, vermes, insetos, lagartos, anfíbios e até mesmo filhotes de pássaros. Não precisa ser grande entendedor pra deduzir que sua dieta é à base de proteínas. (*ok você leu “frutos” ali, mas apenas no Pão de Açúcar e no Carrefour frutas estão disponíveis o ano todo, no mundo REAL, aquele que a Nutrição INSISTE em ignorar, elas são raras e sazonais).

Enquanto escrevia O Veterinário Clandestino um “mandamento” recorrente de um autor ficou na minha cabeça: NADA é mais engordativo do que o alimento feito pelo homem. Daí deduzimos que se você quer manter-se magro precisa FUGIR daquilo que foi “inventado” pelo homem! É MUITO, mas MUITO difícil engordar alimentando-se de alimentos NATURAIS à espécie! *Por isso que a recomendação de veterinários que dizem que ração é o alimento ideal a cães e gatos é SURREAL.

Por algumas vezes já escrevi aqui da capacidade da farinha e açúcar em causar dependência. Existem obviamente os profissionais que adoram negar a realidade e insistem em dizer que não. Repare no animal da foto. Um animal selvagem que está EXPOSTO, correndo risco de VIDA porque está vulnerável aos seus predadores naturais porque não consegue dizer “não” a uma comida NÃO-natural, que foi feita para nos VICIAR (o vendedor, tenha SEMPRE isso em mente, quer vender MAIS, ele não tem o MÍNIMO compromisso com sua saúde).

Esses alimentos têm uma combinação NÃO existente na natureza. NÃO existe naturalmente a combinação carboidrato-gordura nem a combinação muito açúcar/baixa fibra. Uma vez que nos deparamos com isso, comemos sem NENHUM controle. A ponto de abrir mão do que nos há de mais valioso, a própria VIDA.

 
*Se você gostou do que leu aqui, estou certo de que vai gostar do que vai encontrar de surpreendente no e-book O Veterinário Clandestino! Se preferir a versão impressa, compre aqui!

Uma ideia sobre “Açúcar? Farinha? É de comer até morrer! Literalmente!

  1. Pingback: Leituras de 6a Feira | Blog Recorrido

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s