Por que não consumo Xilitol

Nem Eritritol, nem Maltitol.

Em casa temos apenas um adoçante: stevia. Tento usar o mínimo possível. Acho sucralose o de melhor sabor dentre todos, mas como acredito que acessibilidade é uma questão CRUCIAL a uma boa dieta, justamente POR ISSO não o tenho em casa.

Qual o problema da sucralose? Há apenas UM problema na sucralose: nós não sabemos seus efeitos. Há 30 anos fazemos uso mais massificado deste adoçante sem encontrar problemas graves em seu consumo. Você pode munido de evidências razoáveis argumentar que ele agride a flora intestinal e que pode ter impacto negativo no controle de peso e mesmo na saúde. Nada muito além disso.

Câncer? Mortes? Eu jamais iria tão longe, nem com ele nem com outros adoçantes que parecem menos seguros, como o aspartame ou a sacarina.

Num cenário assim, de temor e incertezas sobre a segurança dos atuais adoçantes comercializados, o xilitol, que é um poliálcool, ganha popularidade. Sabor doce, de comércio liberado e baixas calorias ele parece bom demais para ser verdade. E é aí que mora o perigo…

TODA AÇÃO GERA REAÇÃO

Um dos meus melhores professores na faculdades de Nutrição em sua primeira aula na disciplina Biologia I me abriu os olhos a um conceito básico dos adoçantes. Ele nos disse o que já sabíamos décadas atrás e que seguimos (sem) saber: as consequências de seu consumo. Por literalmente milhões de anos ensinamos nosso organismo que após o consumo de algo doce, haveria energia disponível. E de repente, do dia pra noite, podemos ingerir litros e quilos de alimentos doces sem NADA de energia. O corpo entra em pane. Ele NUNCA teve que lidar com isso. Ele vai reagir. Como? Não sabemos. Ninguém sabe! Ainda não houve sequer UMA geração que o consumiu do nascimento até a 3a idade.

“NÃO HÁ ALMOÇO GRÁTIS”

Atualmente proliferam receitas e recomendações para usarmos o xilitol. O que recomenda a prudência? FUJA. Com quais argumentos? A Nutrição tem um histórico MISERAVELMENTE incompetente ao tentar nos oferecer alternativas “melhores”. Ela pediu que trocássemos gordura saturada por óleos vegetais. Errou. Que trocássemos manteiga por margarina. Que substituíssemos o jejum por refeições frequentes. Errou. Leite e laticínios integrais pelos desnatados. Errou.

Parece não ter havido UMA VEZ sequer na HISTÓRIA um acerto das diretrizes nutricionais em suas alternativas sugeridas!

Sucralose PARECE ter um custo relativamente baixo à saúde. Porém, quando sinalizamos de que há uma alternativa segura ao açúcar (xilitol) isso é a promessa de almoço grátis, de que você vai ter o sabor doce sem o preço dele. Essa é a ingenuidade dos especialistas ao adotar um hábito como seguro por causa de suas consequências opacas no atual momento.

Por fim, tenho duas cachorras. Cães parecem trituradores, comem o que acham… lixo, fraldas, grama, terra… mas xilitol? Elas NÃO podem comer. Pode ser FATAL em cães! Semanas atrás, na última vez que compramos xilitol, ao cair na mesa percebemos que as formigas desviavam dele. Aquilo me deu medo. De lá pra cá NUNCA mais.

Devemos regular nossa exposição ao sabor doce. Fim de papo. Não há alternativa segura. Aceite pagar o preço ao aplacar esse desejo. Quando quero doce, vou no açúcar. Tento o mínimo possível. Você deveria fazer o mesmo. Entre ele, adoçantes e xilitol, NADA parece ser mais seguro que o velho, engordativo e viciante pó branco. Ao menos dele sabemos o preço que nos cobra.

*Se você gostou do que leu aqui, estou certo de que vai gostar do que vai encontrar de surpreendente no e-book O Nutricionista Clandestino! (a versão impressa você acha aqui!)

Uma ideia sobre “Por que não consumo Xilitol

  1. Pingback: Leituras de 5a Feira | Blog Recorrido

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s