Visita à Praça de Alimentação

Dias atrás fui à Praça de Alimentação de um shopping em SP. Na bandeja do buffet vinha um folheto com recomendações nutricionais. Eu infelizmente tenho a mania de ler esse tipo de coisa já sabendo que não vou encontrar muita informação boa. Quando a lista falava sobre proteínas (imagem) ela lista supostas 4 fontes ricas em proteínas. Antes que algum apressado desinformado venha supor algo, eu não tenho nada contra vegetarianos ou veganos. Dá para ter uma dieta muito boa sendo vegetariano, anda que dê mais trabalho. Porém, quando você faz uma lista dessas e não cita carne, há algo de errado. Neste momento a ciência virou ideologia. Um nutricionista assim é um inútil e/ou incompetente.

Para piorar as coisas há ali má instrução ao informar que feijão (ou lentilha) são ricas em proteína. Não, não são. São ricas em amido (carboidrato). Você como vegetariano pode recorrer às leguminosas como fonte proteica, mas isso não muda uma característica intrínseca deste alimento.

A leitura não melhorava de qualidade quando corria o olhar agora nos carboidratos indicados. A lista argumenta que carboidrato bom é carboidrato absorvido lentamente (seriam os tais carboidratos complexos que não resistem à mais preguiçosa das análises em estudos). Dos listados (imagem), apenas a Quinoa tem Índice Glicêmico (IG) menor do que o AÇÚCAR. Aveia empata! *Café com açúcar ao menos tem sabor melhor que café com aveia

Do ponto de vista nutricional, poucos alimentos “naturais” (comida de verdade) são mais pobres que Arroz, Batata, Aveia. Esta é uma característica intrínseca dos grãos e dos tubérculos ricos em amido. Macarrão (integral ou o convencional) são tão pobres que você precisa enriquecê-lo artificialmente com vitaminas. Para piorar, a lista não possui nenhum legume de baixo amido, as fontes nutricionalmente mais ricas de carboidrato. Isso se chama “dissociação cognitiva”. A Nutrição até quer te ajudar, mas vive em um delírio e por isso não sabe nem consegue te ajudar de uma maneira eficiente. Para conseguir isso, você tem que recorrer aos profissionais que não aplicam o que é recomendado pelas diretrizes.

Quer outro exemplo? Na terceira imagem há uma comum recorrência ao equívoco (técnico e conceitual) da Nutrição em insistir que uma alimentação para ser saudável tem que ser “equilibrada”. É exatamente o oposto. Uma vez que não existe dieta equilibrada na natureza, nada é pior que esse tal equilíbrio quando falamos em alimentação. *expliquei melhor aqui, em meu texto “Nutrição não é sobre equilíbrio”.

Eu tenho comigo que um profissional que sugere isso é tão inútil quanto o Tony, o Tigre do Sucrilhos, como seu orientador. Isso porque todas as multinacionais alimentícias querem justamente que seu nutricionista acredite nessa bobagem porque elas assim fazem crer que obesidade é sobre se movimentar (fisicamente) de menos. A culpa seria SUA, não do LIXO nutricional que eles fabricam e vendem.

Duvida? Coca-Cola, McDonald´s, Pepsico, Unilever, Mars Nestlé… Todasessas em alguma campanha já fizeram uso de combinação das palavras “balanceado”, “(fisicamente) ativo” e “estilo de vida”. Entre o Tony, o Mc Donald´s, a Coca e o Nutricionista que prega “dieta balanceada” o discurso é exatamente igual! Faz sentido esse matrimônio do equívoco técnico com a inutilidade? Para que ouvi-lo se bastaria ler a folha da bandeja enquanto come um Big Mac?

Por exemplo, a europeia CIAA promove por lá uma “dieta balanceada e estilo de vida saudável” na base do EQUILÍBRIO. Quem banca financeiramente o projeto? As citadas, mais Danone, Cadbury, Kellogg´s, Kraft e outras. Já no Brasil, um texto INCRÍVEL vem revelar como um famoso vendedor disfarçado de pesquisador, há anos na TV e em projetos públicos defende ferrenhamente quem lhe paga: uma marca de refrigerante.

A certeza que eu tiro quando leio recomendações como essa é que isso é texto escrito por um Nutricionista. Com a mais absoluta certeza! Como eu sei?! Ninguém escreveria isso impune. Alguém tem que ter feito faculdade para ser capaz de escrever tamanha bobagem.
A área da Nutrição é um delírio!

*Se você gostou do que leu aqui, estou certo de que vai gostar do que vai encontrar de surpreendente no e-book O Nutricionista Clandestino! (você encontra a versão impressa aqui)

Anúncios

Uma ideia sobre “Visita à Praça de Alimentação

  1. Pingback: Leituras de 6a Feira | Blog Recorrido

Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s